• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 013
Apresentação: Pôster
Área Técnica: Cirurgia Refrativa
Categoria / Classificação: Oftalmologia Cirúrgica
Região onde foi realizada a pesquisa: Sudeste

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
AVALIAÇÃO DA PRESSÃO INTRA-OCULAR NO CENTRO E PERIFERIA CORNEANA NO PRÉ E PÓS-
OPERATÓRIO DE CERATECTOMIA FOTORREFRATIVA

OBJETIVO:
Verificar alterações da pressão intra-ocular no pós-operatório de ceratectomia fotorrefrativa e, com isso avaliar se a biodinâmica da córnea como um todo, também foi modificada.

MÉTODO:
Foram avaliados 22 olhos de 11 pacientes prospectivamente no setor de cirurgia refrativa do Hospital Ana Costa, sendo três homens e oito mulheres, entre 22 e 51 anos, no período de maio a julho de 2012 (1a aferição) e maio a julho de 2013(2a aferição). Esses pacientes apresentavam erros refracionais que variavam de -0,75 a -5,75 de miopia e, 0,25 a 2,25 de astigmatismo, onde foram avaliadas ceratometrias que variavam de 40,1 a 47,4 e paquimetrias central de 456 a 608 micras e temporal de 500 a 682 micras, sendo aferidas pelo aparelho Orbscan (Bausch&LombTM). Foram aferidas também no pré e pós-operatório PIO central e temporal com dois métodos distintos: Tonopen (ReichertTM) e Tonômetro de Goldmann (Haag-StreitTM). Todos os 22 olhos foram submetidos à ceratectomia fotorrefrativa (PRK) com laser Allegreto WavelightTM.

RESULTADOS:
Avaliando a pressão intra-ocular pelo tonômetro de Goldmann, houve uma redução de 1,65mmHg na média geral. Por meio do pneumotonômetro houve uma redução de 2,66mmHg na média geral e, pelo Tonopen na região temporal, houve uma redução de 1,65 mmHg na média geral. Paralelamente, houve uma redução de 0,96 micras na região ablada.

CONCLUSÕES:
Toda estrutura da córnea foi alterada como um todo apesar de toda extensão da córnea não ter sofrido ablação, ou seja, mascarando o valor real da pressão intra-ocular. Apesar das aferições nas regiões distintas supracitadas, ambas hipoestimadas, ainda assim pudemos concluir que o método é válido levando em conta o valor da PIO na periferia, esteve mais próxima da realidade.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web