• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 056
Apresentação: Oral, segunda opção Pôster
Área Técnica: Glaucoma
Categoria / Classificação: Oftalmologia Clinica
Região onde foi realizada a pesquisa: Sudeste

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
DESEMPENHO DA VELOCIDADE DE LEITURA EM PACIENTES COM GLAUCOMA E ACUIDADE VISUAL 20/20

OBJETIVO:
Correlacionar a velocidade de leitura monocular com a alteração de campo visual em pacientes com glaucoma e acuidade visual de 20/20.

MÉTODO:
O estudo contou com 35 pacientes adultos com GPAA e 35 controles saudáveis. Todos os pacientes apresentaram defeito de campo visual secundário ao glaucoma no olho testado, analisado pelo campímetro Humphrey Field Analyzer 30-2 (HFA; Humphrey Systems, Dublin, CA, USA) com Mean Deviation (MD) sendo a variável utilizada nas análises; também apresentaram acuidade visual corrigida de 20/20 no olho testado. A velocidade de leitura foi avaliada através da tabela MNREAD em sua versão traduzida e validada para o português. A velocidade de leitura (medida em palavras por minuto) foi calculada para cada uma das sentenças lidas, através da seguinte fórmula: Velocidade de leitura = 60 x (10 – erros) / (tempo em segundos). A velocidade máxima de leitura (VML) foi a maior calculada entre todas as sentenças lidas. A acuidade de leitura (AL), menor tamanho de letra que se consegue ler sem erros, foi definida como: 1.4-(número de sentenças lidas x 0.1) + (número de palavras lidas incorretamente x 0.01). O tamanho crítico da fonte (TCF) foi considerado o tamanho da fonte no qual a velocidade de leitura iniciou seu declínio.

RESULTADOS:
A VML média no grupo de pacientes com GPAA (125.04±38.36 palavras por minuto) foi significantemente menor do que no grupo controle (183.95±15.54) (p=0.001).
No grupo dos pacientes, VML teve correlação significativa com MD, observando-se um coeficiente r=0,954 (valor-p <0,001).

CONCLUSÕES:
Pacientes com glaucoma e acuidade visual normal apresentam déficit no desempenho da velocidade de leitura que se correlaciona com a gravidade do defeito de campo visual.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web