• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 089
Apresentação: Pôster
Área Técnica: Prevenção de Cegueira
Categoria / Classificação: Pesquisa Básica
Região onde foi realizada a pesquisa: Centro-Oeste

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
INCIDÊNCIA DE CEGUEIRA E VISÃO SUBNORMAL PROVOCADAS POR ACIDENTES DE TRABALHO

OBJETIVO:
Determinar a incidência de cegueira e visão subnormal provocadas por acidentes de trabalho no Brasil de 2008 a 2012.

MÉTODO:
Estudo descritivo em que foram revisados os dados sobre cegueira e visão subnormal causados por acidentes de trabalho ocorridos no Brasil de janeiro de 2008 até dezembro de 2012. As informações foram coletadas a partir do banco de dados da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social.

RESULTADOS:
No período estudado, foram provocadas 90.792 lesões oculares por acidentes de trabalho, responsável por 2,5% dos casos notificados, revelando-se a quarta parte do corpo mais afetada, contra a incidência de 37,4% de ferimentos no membro superior, 19,3% no membro inferior e 2,9% no dorso. O gasto com benefícios previdenciários por lesões oculares causadas por acidentes de trabalho foi de R$ 12.889.984,7. Comparando com o ano de 2008, houve um aumento de 65,1% nos gastos com esses benefícios em 2012, atingindo R$ 3.219.034,49. A incidência de casos que evoluíram para cegueira ou visão subnormal após lesões oculares por acidentes de trabalho foi de 2.232 (2,5%), ocorrendo em média 446,4 casos ao ano. Ao final do período, observou-se uma redução de 30,1% na ocorrência destes acidentes. Comparando-se a quantidade de aposentadorias acidentárias concedidas por cegueira total segundo o sexo, observa-se que os homens (91%) estão mais sujeitos a sofrerem este tipo de lesão.

CONCLUSÕES:
Embora o olho seja uma das partes do corpo mais envolvida em acidentes de trabalho, a incidência de casos que resultam em cegueira ou visão subnormal é pequena. No entanto, esse fato ganha importância uma vez que a maioria dos afetados estão em idade produtiva, produzindo grande impacto socioeconômico, e que poderiam ter sido evitados por medidas simples de prevenção, especialmente nas áreas de atividade onde há predomínio de mão-de-obra masculina.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web