• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 110
Apresentação: Oral, segunda opção Pôster
Área Técnica: Visão Subnormal
Categoria / Classificação: Oftalmologia Clinica
Região onde foi realizada a pesquisa: Nordeste

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
AVALIAÇÃO DA PROMOÇÃO DE UM PROGRAMA EM BAIXA VISÃO: UMA INICIATIVA INTERNACIONAL E NACIONAL

OBJETIVO:
Avaliar a promoção de um programa de baixa visão, uma iniciativa internacional e nacional, com enfoque no desenvolvimento de recursos humanos como estratégia para favorecer o acesso ao serviço especializado a pacientes com baixa visão, monitorar as ações, coletar dados situacionais dos serviços e dos pacientes atendidos.

MÉTODO:
estudo observacional descritivo retrospectivo. Realizada análise de dados obtidos de um programa de baixa visão, que teve participação de órgãos públicos e privados e foi desenvolvido prospectivamente com duração de 2009 a 2013.

RESULTADOS:
Participaram 17 serviços, sendo 58,8% das regiões norte/nordeste e 41,2% do sudeste e capacitados 49 profissionais. Os serviços do norte/nordeste e sudeste tinham escassez de recursos financeiros em 60,0% e 28,6%, de recursos humanos em 70,0% e 28,6%, e falta de infraestrutura adequada em 90,0 e 57,1%, respectivamente. O diagnóstico situacional verificou existir nos serviços do norte/nordeste e sudeste carência de estrutura física adequada em 60% e 71,4%. Nenhum serviço (0,0%) da região sudeste e três (30,0%) das regiões norte/nordeste apresentavam todos os equipamentos indispensáveis para um serviço de baixa visão.Apenas quatro serviços (23,5%), efetivaram atendimento com o protocolo a 583 pacientes com baixa visão.

CONCLUSÕES:
Nos serviços das regiões norte/nordeste existe carência de recursos humanos capacitados e escassez de recursos financeiros, além de carência de infra estrutura adequada nas três regiões. Este programa capacitou profissionais e favoreceu o acesso de pacientes com baixa visão ao serviço especializado. Faz-se mister a implementação de um plano nacional para oferecer serviços eficientes em baixa visão, incluindo desenvolvimento de tecnologia, infraestrutura apropriada e educação continuada dos recursos humanos.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web