• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 082
Apresentação: Pôster
Área Técnica: Prevenção de Cegueira
Categoria / Classificação: Educação em Saúde Ocular
Região onde foi realizada a pesquisa: Norte

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
AVALIAÇÃO DE NÍVEL DE CONHECIMENTO SOBRE O TESTE DO REFLEXO VERMELHO (TESTE DO OLHINHO)

OBJETIVO:
Estudar o nível de conhecimento dos pais de crianças de 0 a 3 anos de idade (nascidas após a instituição da lei municipal que tornou obrigatório o teste em Manaus –AM) sobre o teste do reflexo vermelho; e avaliar correlações entre o nível de conhecimento sobre o teste e a escolaridade e procedência dos entrevistados.

MÉTODO:
No período de um ano, foram entrevistados, por meio de questionário, 150 pais de crianças de 0 a 3 anos que se encontravam internadas no Instituto da Criança do Amazonas – ICAM (calculado um erro amostral de 3.5%). O nível de conhecimento foi classificado em bom, regular ou ruim conforme o número de respostas adequadas no questionário. Utilizou-se o teste exato de Fisher para cruzamentos entre variáveis.

RESULTADOS:
Os entrevistados tinham idade de 28 (+ 8,2) anos (16-54 anos), eram procedentes da capital (63%) ou do interior do Amazonas e Pará (21 + %) e tinham escolaridade, em sua maioria, entre ensino médio completo ou incompleto (57%) e ensino fundamental (27%).
O estudo evidenciou que: apenas 5% dos entrevistados demonstraram ter um bom conhecimento sobre o teste do olhinho, 51% apresentaram nível de conhecimento considerado regular e 44%, ruim. O nível de conhecimento ruim sobre o teste do olhinho mostrou estar associado a menor grau de escolaridade (p=0.0007947) e à procedência do interior (p=0.0225). A idade do entrevistado não mostrou associação com o nível de conhecimento sobre o referido teste (p=0.698)
Destaca-se que 56% dos pais afirmaram que seu (sua) filho(a) não foi submetido(a) ao teste do olhinho, apesar de 84% deles terem nascido na capital, onde já vigorava a lei que obriga a realização deste teste.

CONCLUSÕES:
A população estudada, e principalmente os indivíduos procedentes do interior do estado do Amazonas, carece de informação sobre o teste do reflexo vermelho. Este fato está diretamente relacionado com o grau de instrução dos entrevistados

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web