• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 066
Apresentação: Oral, segunda opção Pôster
Área Técnica: Oftalmopediatria
Categoria / Classificação: Oftalmologia Clinica
Região onde foi realizada a pesquisa: Nordeste

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
INCIDÊNCIA DE ALTERAÇÕES OFTALMOLÓGICAS EM RECÉM-NASCIDOS EM MATERNIDADES PÚBLICAS DA CIDADE DE JOÃO PESSOA

OBJETIVO:
Avaliar a incidência de alterações oftalmológicas ao exame externo ocular de crianças nascidas nas maternidades públicas de João Pessoa-PB.

MÉTODO:
Trata-se de um estudo transversal, cujos dados foram retirados do banco de dados de um projeto inscrito na Plataforma Brasil sob número CAAE 15790113.0.0000.5183. Foram incluídas todas as crianças internadas nas enfermarias de maternidades públicas da cidade de João Pessoa, cujos responsáveis assinaram previamente o termo de consentimento livre e esclarecido. O exame externo foi realizado com iluminação direta obtida pelo oftalmoscópio direto.

RESULTADOS:
Foram examinados 7.880 olhos de 3.900 crianças, dos quais 1.280 (16.24%) olhos de 827 crianças apresentaram alterações no exame externo. 193 (2,4%) olhos de 127 crianças apresentaram hemorragia subconjuntival, 98 (1,24%) olhos de 78 crianças apresentaram conjuntivite purulenta, 1 criança apresentou hematoma de pálpebra em 01 olho e 1.465 (18,59%) olhos de 693 crianças apresentaram pequenos hemangiomas, dos quais apenas uma criança apresentava hemangioma com comprometimento do eixo visual. Quanto às alterações bilaterais, foram identificadas opacidades corneanas em 1 criança e dermatite em outra. Do total das crianças examinadas, 74 (1,89%) apresentaram mais de uma alteração. Quanto ao reflexo vermelho, encontramos 15 olhos com reflexo alterado de 13 pacientes, sendo que, destes, 3 apresentaram catarata congênita unilateral.

CONCLUSÕES:
As alterações oftalmológicas encontradas neste estudo evidenciam a importância do exame oftalmológico precoce nos recém-nascidos, salientando uma maior incidência de conjuntivites purulentas, hemorragias subconjuntivais e hemangiomas palpebrais.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web