• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Sessão de Encontro com Autor

Código: P 050
Apresentação: Oral, segunda opção Pôster
Área Técnica: Glaucoma
Categoria / Classificação: Oftalmologia Clinica
Região onde foi realizada a pesquisa: Centro-Oeste

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

CONEP:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
AVALIAÇÃO COGNITIVA DE PACIENTES COM GLAUCOMA E SUA COMPARAÇÃO COM INDIVÍDUOS COM DEMÊNCIA DE ALZHEIMER

OBJETIVO:
Avaliar o desempenho cognitivo de pacientes com glaucoma e compará-lo com população com demência de Alzheimer (DA).

MÉTODO:
Pacientes com glaucoma, DA e grupo controle (idosos saudáveis) foram avaliados através do MEEM (Mini Exame do Estado Mental) e os subtestes fluência verbal, memória da lista de palavras, evocação tardia da lista de palavras, reconhecimento da lista de palavras, teste de nomeação de Boston e praxia construtiva do CERAD (Consortium to Establish a Registry for Alzheimer’s Disease). Os resultados de cada teste foram comparados entre os grupos.

RESULTADOS:
Foram avaliados 112 pacientes, sendo 50 idosos saudáveis com idade média de 71,2 ± 5,2 anos, 41 pacientes com glaucoma (72,2 ± 4,4 anos) e 21 pacientes com DA (79,0 ± 7,6 anos). Os pacientes com DA apresentaram, na média, doença avançada. Notou-se redução da avaliação cognitiva em todos os testes realizados, tanto para os pacientes com glaucoma, quanto para aqueles com DA, quando comparados com os controles (p<0,001 para todos). Ao se parear os pacientes com glaucoma e DA, notou-se que os últimos apresentaram função cognitiva inferior (p<0,001), exceto para os testes do CERAD Boston (p=0,1) e Praxia (p=0,6). Os pacientes de glaucoma, entretanto, apresentaram resultados dos testes cognitivos semelhantes àqueles descritos para pacientes com DA leve, inclusive com valores inferiores para MEEM (21,9 ± 3,7), Boston (10,6 ± 2,6) e Praxia (5,9 ± 2,3).

CONCLUSÕES:
O presente estudo sugere que pacientes com glaucoma apresentam um rebaixamento cognitivo quando comparados com indivíduos idosos saudáveis da mesma década de vida, semelhante a DA leve e na sua maioria superior em relação a pacientes com DA avançada. Pacientes com glaucoma apresentaram especialmente função cognitiva diminuída de forma global (MEEM), além de dificuldade na capacidade de nomeação (Boston) e planejamento do ato motor reduzido (praxia).

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web