• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 191
Área Técnica: Retina

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
RETINOPATIA DE PURTSCHER: RELATO DE CASO

OBJETIVO:
A retinopatia de Purtscher é uma doença hemorrágica e vaso-oclusiva responsável por redução transitória da acuidade visual.Possui diversas etiologias como traumatismos torácicos compressivos e embolia gordurosa pós-traumática.Apesar de rara,o oftalmologista deve fazer o correto diagnóstico e não submeter o paciente a tratamentos desnecessários.

RELADO DE CASO:
RFS,26 anos,sexo masculino,queixou-se de baixa acuidade visual no OE após trauma torácico há quatro dias.Negava trauma crânio encefálico.Ao exame,apresentou acuidade visual corrigida de 20/20 no OD e contagem de dedos no OE.À fundoscopia do OD não foram observadas alterações e do OE,observadas manchas algodonosas extensas peripapilares e hemorragias intrarretinianas.Hemorragias subhialoidea próxima à arcada temporal superior e vítrea na região nasal foram observadas.À angiografia fluoresceínica, notou-se comprometimento vascular,principalmente no polo posterior. Ao OCT,foram evidenciados hiper-refletância das camadas internas da retina,espessamento retiniano peripapilar e descolamento da retina neurosensorial na região foveal.A conduta foi expectante,com avaliações mensais.Após quatro meses,o paciente apresentou acuidade visual corrigida de 20/40 no OE.Houve regressão das alterações de fundo de olho e do comprometimento vascular,porém o OCT revelou atrofia das camadas retinianas internas.

CONCLUSÕES:
Acuidade visual em olhos afetados varia de 20/200 até contagem de dedos e pode melhorar após vários meses.O diagnóstico é basicamente clínico,mas pode ser reiterado pelo uso de exames complementares,como a angiografia fluoresceína e OCT.Com a resolução das anormalidades de fase aguda,a alteração da camada de fibras nervosas e a atrofia do disco óptico podem permanecer.O tratamento é controverso; o uso de corticoides sistêmicos é empírico.Outras drogas como vasodilatadores e antiagregantes plaquetários não estão indicados.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web