• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 100
Área Técnica: Oftalmopediatria

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
CONJUNTIVITE NEONATAL POR CHLAMIDIA TRACOMATIS

OBJETIVO:
O presente estudo visa relatar um caso de conjuntivite neonatal (CN) por Chlamydia Trachomatis. A conjuntivite neotanatal (ophatalmia neonatorum) corresponde a um processo inflamatório da conjuntiva que ocorre no primeiro mês de vida e pode ser resultante de diferentes etiologias.

RELADO DE CASO:
MS, dez dias de vida, referenciado pelo serviço de Pediatria do Hospital e Maternidade Celso Pierro para avaliação oftalmológica em virtude de secreção purulenta no olho esquerdo há um dia. Ao exame: (Olho Esquerdo) presença de importante edema palpebral, secreção purulenta, hiperemia. Foi colhido cultura que evidenciou C. trachomatis. Dessa forma o tratamento foi prontamente instituído com ceftriaxone 25-50 mg/kg intravenoso em dose única, além de avaliação diária pela equipe de oftalmologia. O RN evolui bem, com melhora dos sinais de infecção e, alta hospitalar.

CONCLUSÕES:
Segundo o Ministério da Saúde, conjuntivite neonatal é definida como uma conjuntivite purulenta no recém nascido, no primeiro mês de vida, usualmente contraída a partir do contato com secreções genitais maternas. Os principais agentes etiológicos são a Neisseria gonorrhoeae e C. tracomatis e, ocasionalmente vírus herpes simples. Uma ressalva importante ao caso em questão foi que o RN evoluiu com pneumonia lobar importante em hemitórax esquerdo necessitando de oxigenoterapia. Há uma citação na Academia Americana de forte correlação de conjuntivite por C. Tracomatis e pneumonia, enfatizando a importância da antibioticoterapia intravenosa. A CN é uma importante doença ocular em neonatos, sendo considerada uma condição potencialmente séria, tanto pelos efeitos locais, quanto pelo risco de disseminação sistêmica. Seu diagnóstico etiológico não é simples, havendo necessidade da utilização de exames complementares para que seu tratamento seja realizado de maneira segura, o que resulta em custos significativos, constitui problema de saúde pública.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web