• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 042
Área Técnica: Estrabismo

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
CORREÇÃO CIRÚRGICA DE POSIÇÃO VICIOSA DE CABEÇA EM ESOTROPIA DO ALTO MÍOPE

OBJETIVO:
Documentar um caso de esotropia do alto míope com posição viciosa de cabeça, com resultado cirúrgico satisfatório.

RELADO DE CASO:
Paciente masculino, 31 anos, branco, procurou o serviço de oftalmologia do Hospital Geral de Taipas, em São Paulo-SP, com a queixa de desvio convergente desde à infância.
AP: Nascido pré-termo (7meses) sem oxigenioterapia.
Ectoscopia: posição viciosa de cabeça (PVC) girada para esquerda.
AV (c/c): 20/30p (OD) e 20/25p(OE). Refração: OD: -23,25DE -0,50DC (50°) OE: -20,25DE. Cover Test (c/c) sem PVC, fixando OD: perto ET 20Δ, longe ET 25Δ; fixando OE: perto e longe ET 50Δ. Versões: limitação -1 de adução AO e abdução -3/-4 OE. Ducção passiva mostrou OE com grande restrição para abdução, passando pouco da linha média (-2/-3). Biomicroscopia sem alterações. Tonometria: OD:14mmHg OE: 17mmHg. Mapeamento de retina AO: papila rósea, bem delimitada, escavação 0,9x0,9 OD e 0,2x0,3 OE, crescente miópico e estafiloma posterior, mácula livre, vasos sem alterações, rarefação de EPR, atrofia temporal OD.
TC de órbita: aumento do diâmetro ântero-posterior dos globos oculares, sem demais alterações.
Biometria: 31,93 (OD) e 30,10 (OE).
Conduta: Indicado cirurgia para correção de PVC. Apesar da medida do desvio ser grande, paciente apresentava uma estética boa quando fixava com OD, portanto o que mais o incomodava era a PVC. Investigação do glaucoma.
Cirurgia tópica com recuo do músculo reto medial (RM) OE de 7.0mm com sutura ajustável. Obs: mesmo com RM totalmente solto, apresentava restrição à abdução, mal passava da linha média (-2/-3).
Aos 4 meses de pós-operatório, paciente satisfeito e sem PVC.
COVER TEST: PERTO: FOD ET 4Δ (CA), FOD ORTO (CS), FOE ET 15Δ (CA), FOE ET 2Δ (CS); LONGE: FOD ET 15Δ (CA), FOD ORTO (CS), FOE ET 50Δ + foria (CA), FOE ORTO (CS).
CA: cover alternado.
CS: cover simultâneo.

CONCLUSÕES:
A PVC foi corrigida com a cirurgia realizada.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web