• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 074
Área Técnica: Glaucoma

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
SÍNDROME DE URRETS-ZAVALIA APÓS CERATOPLASTIA LAMELAR PROFUNDA

OBJETIVO:
Apresentar a descrição do caso de um paciente com Síndrome de Urrets-Zavalia após ceratoplastia lamelar profunda.

RELADO DE CASO:
Paciente J.D.A.F, 30 anos, sexo masculino, branco, procedente de Sabará. Foi atendido na Fundação Hilton Rocha para avaliação de ceratocone. A acuidade visual (AV) com correção era movimento de mãos em olho direito (OD) e 20/80 em olho esquerdo (OE). A biomicroscopia da câmara anterior revelou afilamento corneano central em ambos os olhos (AO) e sinal de Munson positivo em OD. Em 1 ano foi submetido a ceratoplastia lamelar profunda em OD devido ceratocone, sem intercorrências per-operatórias. No 1o dia de pós-operatório (DPO), o paciente apresentou midríase em OD. No 10° DPO, evoluiu com pressão intra-ocular (PIO) de 32mmHg, sendo iniciado Acetazolamida 250 mg de 12/12H e Timolol + Brimonidina de 12/12H. No 14° DPO, a PIO estava levemente aumentada ao toque bidigital e observou-se à biomicroscopia a manutenção da midríase paralítica, atrofia iriana, dispersão de pigmento iriano no endotélio e a presença de dupla câmara anterior em OD. Foi realizado injeção de ar na câmara anterior para corrigir o descolamento da membrana de Descemet. No 77° DPO, o paciente queixava fotofobia e dor. Ao exame biomicroscópico, o olho estava calmo, com edema no botão corneano, dobras de Descemet, dispersão de pigmento iriano no endotélio e midríase fixa, a PIO era de 28mmHg. A AV sem correção foi de conta dedos a 1m em OD. Realizado trabeculectomia de urgência em OD.

CONCLUSÕES:
A pupila dilatada irregular ou fixa é uma complicação rara que pode ser associada à ceratoplastia lamelar profunda. Pacientes com pressão intra-ocular elevada no pós-operatório podem estar sob maios risco de desenvolverem a Síndrome de Urrets-Zavalia.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web