• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 029
Área Técnica: Doenças Sistêmicas

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
DIAGNÓSTICO DE MIASTENIA GRAVIS PELA ELETRONEUROMIOGRAFIA DE FIBRA ÚNICA: RELATO DE CASO

OBJETIVO:
O relato visa destacar a eletroneuromiografia de fibra única como parte do arsenal diagnóstico da Miastenia Gravis. É um teste demorado, que requer conhecimentos especializados e equipamentos que ainda não estão disponíveis em todos os centros.

RELADO DE CASO:
A.F.R., masculino, 71 anos, branco, engenheiro aposentado, residente de Niterói (RJ), com queixa de ptose palpebral à esquerda, há aproximadamente um mês, que se acentua ao longo do dia.
A ectoscopia revelou ptose palpebral à esquerda, com fenda palpebral de 10/6 mm, distância margem-reflexo 4/< 1 mm, distância margem-sulco palpebral superior 8,5/8,5 mm, função do músculo elevador da pálpebra superior 17/14 mm.
A biomicroscopia e exame de fundo de olho foram normais.
Diante da suspeição diagnóstica de Miastenia Gravis, em sua forma ocular isolada, o paciente foi encaminhado para investigação neurológica, neurofisiológica e imunológica.
A busca de anticorpos anti-receptor de acetilcolina revelou-se positiva, com o valor de 7,8 nmol/L.
A eletroneuromiografia convencional revelou neurocondução sensitiva e motora normais, de amplitude, latência e velocidade sem alterações.
A eletroneuromiografia de fibra única encontrou aumento do Jitter pela avaliação da Diferença Consecutiva Média (MCD) máxima nos músculos orbicular dos olhos (66,9 µs, enquanto o valor normal é 50 µs) e extensor comum dos dedos (60 µs, enquanto o valor normal é 50 µs).

CONCLUSÕES:
No caso apresentado, o exame confirmou a suspeita diagnóstica de MG, forma ocular isolada, em acordo com o achado positivo para anticorpos anti-receptor de acetilcolina, embora a eletromiografia convencional tenha se apresentado normal.
Em função da sua especificidade reduzida, a eletromiografia de fibra única deve ser realizada e interpretada no contexto clínico adequado para evitar falsos resultados positivos, devido a doenças outras, que afetam a junção neuromuscular de forma secundária.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web