• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 131
Área Técnica: Plástica Ocular

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
NEUROFIBROMATOSE TIPO 1 DIAGNOSTICADO POR OFTALMOLOGISTA COM NEUROFIBROMAS EM TOPOGRAFIA OCULAR ATÍPICA: RELATO DE CASO

OBJETIVO:
relatar um caso de neurofibromatose tipo 1 (NF1) diagnosticado em consultório oftalmológico e com aparecimento de neurofibromas em localização ocular incomum

RELADO DE CASO:
Homem de 35 anos, comparece ao oftalmologista com tumoração indolor em topografia de via lacrimal direita. À anamnese, paciente relata que tumor surgiu há 3 anos com crescimento rápido e sem sinais flogísticos. Nega sintomas oculares e história de traumas oculares e faciais. Ao exame oftalmológico, ambos os olhos (AO) com boa acuidade visual, sem alterações palpebrais e com presença de nódulos escuros em íris (harmatomas melanocíticos ou nódulos de Lisch) bilateral. A lesão tumoral apresentava consistência mole e pouco móvel. Trouxe tomografia(TC) de órbita recente evidenciando lesão expansiva sólida, pré-septal em topografia de ducto lacrimal direito com densidade de partes moles, contorno lobulado, apresentando realce difuso e heterogêneo pelo contraste medindo 3,3 cm(T) e 1,7 cm(AP), além de remodelamento de ossos nasal e etmoidal adjacentes. Fundoscopia normal. À ectoscopia, várias manchas epidérmicas café-com-leite pelo corpo. O diagnóstico foi de neurofibromatose do tipo 1 (NF1) com localização incomum do neurofibroma em topografia de ducto lacrimal, sendo localização órbito-palpebral mais comum , especialmente em terço temporal da pálpebra superior. A conduta foi expectante, com acompanhamento oftalmológico semestral pois não havia sintomatologia que necessitasse de cirurgia e encaminhamento ao dermatologista.

CONCLUSÕES:
Os achados clínicos da NF1 estão de acordo com a literatura, exceto localização incomum do neurofibroma em região ocular. Percebemos também, através desse caso, um outro importante papel do oftalmologista que é na contribuição da elucidação de doenças sistêmicas, correlacionadas ou não com oculares, promovendo assim melhor assistência médica ao paciente.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web