• Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa
  • Imagem ilustrativa

Programação » Relatos de Caso (Poster)

Código: RC 146
Área Técnica: Retina

INSTITUIÇÃO ONDE FOI REALIZADO O TRABALHO:

AUTOR PRINCIPAL:

CO-AUTOR(ES):

TÍTULO:
ACHADOS DA TOMOGRAFIA DE COERÊNCIA ÓPTICA EM UMA SÉRIE DE CASOS COM NEURORRETINITE SUBAGUDA UNILATERAL DIFUSA.

OBJETIVO:
Descrever os achados da tomografia de coerência óptica (OCT) em uma séria de casos com diagnóstico de neurorretinite subaguda unilateral difusa (DUSN), dando ênfaze às alterações ocorridas na espessura retiniana central (CRT) e na camada de fibras nervosas (CFNR).

RELADO DE CASO:
Foram avaliados dezessete pacientes com diagnóstico clínico de DUSN submetidos a OCT, sendo 9 homens (52,95%) e 8 mulheres (47,05%), com média de idade de 19 anos (10 -35 anos). A melhor acuidade visual corrigida variou de 0.30 logMAR a percepção luminosa. Foi identificado o verme em cinco pacientes, tendo sido devidamente tratados com fotocoagulação, onde obtivemos melhora da visão de 0.30 para 0.18 logMAR em um dos casos. Foram realizados exame oftalmológico completo e OCT-Cirrus. Os protocolos de estratégia de varredura utilizados foram o cubo macular 200 × 200 , cubo da cabeça do nervo óptico e HD-5 linha. Foi percebido que a média de espessura da CFNR foi 88.29μm e 105.23μm para os olhos afetados e normais, respectivamente. A média de CRT foi 195.11μm para os olhos afetados e 247.76μm para os olhos contralaterais normais.

CONCLUSÕES:
Vários estudos na literatura já evidenciaram redução na espessura da camada de fibras nervosas na DUSN, tendo este fato correlação com a baixa de acuidade visual que ocorre nestes pacientes. Em todos os casos avaliados no nosso estudo foi observado que a camada de fibras nervosas e a área macular da retina eram mais finas nos olhos com DUSN em comparação com os olhos contralaterais normais. O papel do OCT vem se destacando a cada dia nos diagnósticos de DUSN, pois é um método não invasivo no qual podemos documentar as alterações retinianas presentes nesta entidade nosológica, mas é importante enfatizarmos que o diagnóstico da mesma ainda é eminentemente clínico.

Realização Realização - CBO
Organização/Comercialização Secretaria Executiva - ASSESSOR Secretaria Executiva - MAIS EVENTOS
Agência Oficial Agência de Viagens - Luck Viajens
Agência Web Agência Web - Inteligência Web